domingo, 28 de fevereiro de 2016

Três citações

Coisa é certo para rir, ver um religioso ter a cela cheia de livros, os quais não abre todo ano, prezando-se mais de rico de livros que de bom estudante. […] Aviso-te irmão, que fazendo muito caso dos teus livros, não faças mais douto e cheio de letras teu armário, que teu peito, ou entendimento. [Frei Diogo de São Miguel, Eremitas de Santo Agostinho, 1563]

Esta universidade [a de Cambridge] se compõe de 17 colégios e a de Oxford de 23; eu corri todos novamente e a outra tinha visto já também e a sua grande livraria, que consta de muitas casas, mas nada digno de notar; já disse a V. S.ª que tudo isto se parece com as livrarias dos nossos conventos. [Carta de António Galvão de Castelo Branco, 1727]

Os muitos livros nas celas [...] no tempo das tentações são os nossos escudos, e no da serenidade, a nossa recreação. [Frei Eustáquio da Virgem Maria, Cartuxo de Évora, 1737]

Sem comentários:

Publicar um comentário